Concurso da PM

Polícia Civil vai apurar suposto vazamento de prova da PM

O suposto vazamento de uma prova teórica do concurso da Polícia Militar (PM) realizada no domingo (20) para mais de 14 mil candidatos, será investigado pela Polícia Civil, de acordo com o que informou em nota nesta terça-feira (22) a Secretaria de Estado da Administração (Sead).

Existem informações de que alguns candidatos já ingressaram com ações na justiça para pedir o cancelamento do certame.

Em nota a Sead explica:
A respeito da circulação de suposta foto da prova teórica do concurso para soldado da Polícia Militar, a Secretaria de Estado da Administração (Sead) esclarece que:
1) Já emitiu notificação à Fundação Carlos Chagas (FCC), entidade contratada para a realização do certame, solicitando os esclarecimentos necessários e as medidas cabíveis e legais que porventura venham a ser necessárias;
2) Preventivamente também já acionou a Polícia Civil do Amapá para o devido acompanhamento do caso;
3) Por fim, reitera total compromisso com a lisura do concurso público cujos fundamentos são a imparcialidade e a impessoalidade garantindo oportunidades iguais para todos os candidatos.

Fonte: Diário do Amapá

Publicações Recentes